quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Vida moderna...


Eu achava divertido os Jetsons quando era criança.Adorava toda aquela tecnologia.Ter um robô pra realizar os afazeres domésticos.Ficava pensando se o futuro seria realmente daquela maneira.E pensava que delicia seria a vida com toda aquela modernidade.Hoje toda essa tecnologia tem me deixado enlouquecida.Quando as máquinas começam a dar pau e transformam nosso dia tão corrido numa loucura total, me vem a consciência da extrema dependência que elas exercem sobre nós.E então os Jetsons perdem o encanto,tudo meio que parece com as cenas do Exterminador do futuro ( onde as máquinas se revoltam e decidem dominar o mundo e extinguir a raça humana.).Hoje somos dependentes dos celulares,não saímos de casa sem ele,e esse aparelhinho nos torna tão mau educados! Interrompemos conversas sérias e importantes se o telefone toca,esquecemos de desliga-lo no cinema,entramos nos lugares falando nele,fazendo o mundo participar da nossa vida.Que coisa mais cafona! E os computadores? Dependência total! Se vamos para um hotel gostoso curtir o fim de semana para descansar,levamos o dito cujo,mesmo constando no menu que não existe internet.Sei lá,de repente ele pega...E a tv ? Não precisa nem falar.Será mesmo que o ser humano esta sendo substituído? Olhe os terminais eletrônicos nos bancos.Tai a resposta.Nos edifícios os ascensoristas estão sendo trocados por elevadores modernos.Antes havia bom dia, boa tarde,sobe ou desce...Agora apenas um botão,que se você esquecer de apertar ,vai passear por todos os andares e nunca conseguir descer no seu...Queria mais encontros e menos conversas nos celulares e msn.Queria poder dar bom dia ao entrar no elevador.Não comer vendo televisão.Esquecer que o computador foi inventado...Delírio né ?Tudo bem...A única coisa que ainda quero dessa tecnologia doida,é um robô para realizar os afazeres domésticos...

12 comentários:

  1. hahaha, amei o post.
    E quanto à salada? quero uma com tomate seco, que amooooooooooooooooooooooooooo...
    Ai, amiga, que chique. L.V.?
    Ui, doeu a espinha... hahaha
    Beijocas,
    Que dia de novembro? sábado tá bom? marca e me diga que eu vejo as passagens. ok?
    Talvez volte no mesmo dia.

    ResponderExcluir
  2. eu tenho medo da tecnologia! haiuahiua.. juro!! tenho medo do que ela pode substituir. mas enfim.. bjoo queridaaa!

    ResponderExcluir
  3. Eu amava os Jetsons tbm! Acho ótima a tecnologia (apesar de não me entender bem com ela), mas péssima a dependência. E acho o cúmulo celulares tocando em lugares impróprios.
    Agora tecnologia para afazeres domésticos ia ser tuudo de bom! Qdo vc for comprar no seu cartão, compra 2...he,he..
    To amando o seu cartão de crédito....kkkkkkk
    bj

    ResponderExcluir
  4. Dri, perfeito esse post !!! Tenho pensado muito nisso. O computador virou um vício na minha vida, as vezes fico preocupada com isso. O celular também... enfim, viramos escravos das máquinas, isso é bem verdade. Tem muitas vantagens, como por exemplo esse contato diário com pessoas queridas que estão distantes de nós !!!
    Mas o robô-doméstica queria muuuuuito ter. Seria tudo de bom, até o dia que ele desse pau...
    Oh, tô ficando com ciúmes desse encontrinho... quero ir tbm !!! Vou te mandar um e-mail.
    Antes eu ia tanto ao rio, depois passei a ter um pouco de medo da violência, mas tá cheio de gente queriiiiiiiiida aí, vou ter que ir !!!
    Beijos, beijos e beijos

    ResponderExcluir
  5. Acho que sou mais uma na fila pelo robô que faz tarefas domésticas!
    Beijinho.

    ResponderExcluir
  6. Engraçado!! Sabe que esses dias qria deixar meu cel. desligado..., mas como tenho ligações importantes para receber e aqui em casa só tem celulares, não posso. Mas durante a noite desligo. Ficar sem tv aff!! Pc então nem se fala. Adoro tecnologia, mas tem limite né?!
    E sobre o selinho da nda ñ, a hora q vc tiver tempo vc posta...
    Bjo *-*

    ResponderExcluir
  7. Pois então, amiga, temos de providenciar uma Rose para você!!! Para mim bastava uma que lavasse a louça enquanto eu cozinho e depois lavasse, enxugasse e guardasse... E que fizesse a faxina também. Mas, a cozinha, a arrumação da mesa e o resto, poderia deixar para mim que eu não ligo.
    Pois é... Crescemos sem essa parafernalha toda e até hoje eu me pergunto o motivo de enlouquecermos se esquecemos os celulares. Passava o dia inteiro brincando, meu pai me ligava umas 2 vezes para saber como estava e se havia feito o dever de casa e estava muito bom. Os trabalhos de escola eram pesquisados nas minhas lindas enciclopédias, passados à mão no papel ao maço e recortava fotos e figuras - ou desenhava - para ilustrar tudo...
    Então, Miga... O que fazemos, hein?
    Saudades daqueles tempos... Mas, tudo isto trouxe algo bom... Você, por exemplo!!!
    Beijooooooooooo!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Adriana!
    Poxa!lendo sua postagem começo a voltar na minha
    infância...também adorava os Jetsons rsrs...
    O tempo gostoso né?
    As coisas simples já fazia a felicidade.
    Hoje muita sofisticação tudo avançando cada vez
    mais...as crianças tem uma infância totalmente
    diferente em todos os sentidos.
    Mais é isso amiga o tempo vai só passando e com
    ele as mudanças vão acontecendo...
    Também quero muitoooo dessa tecnologia doida um
    robô para realizar as tarefas domésticas rsrs..
    Estou aguardando!!!
    Um grande beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  9. adrri.. sabe q eu descobri q nao sou tão dependente dessa tecnologia, sabe pq!?
    qq lugar q eu viajo, pode ser pro rio de janeiro, eu literalmente me desligo do celular, viagem eh viagem, nada d ficar andando com celular! heeh eu sou assim... em casa qse nao vejo tv... de vdd msm!
    e me pus a teste nessa viagem q fiz pra ny, fiquei uma semana sem pc e sem internet e não me fez falta alguma!! mas q já fuiiii dependente ja fui.. mas aos poucos vou me soltando! rs

    ResponderExcluir
  10. ...kkkk Adorei a postagem, e confesso que toda esta tecnologia de hoje em dia assuta um pouco.
    Bjks

    ResponderExcluir
  11. nossa... ontem mesmo eu vi um texto na net dizendo q um ator famoso interrompeu a peça de teatro pra pedir pra uma dos espectadores desligasse o celular q não parava d tocar!

    mt falta de educação... e eu sei q sou mt dependente da tecnologia! uma droga... eu tbm queria o robô dos afazeres doméscticos... e eu adoro essa ponte q o computador faz com as pessoas. Por exemplo, tenho uma amiga q eu AMO q eu nunca vi.. q é de Niteroi e mora no rio.. sabe?
    Disso sim eu sou dependente... de falar com as minhas amigas distantes!!

    amore... boa sorte com o fechamento do mês e depois me fala qual é o óleo e o shampoo da L'occitane!

    ah... tbm, se der, me passa o numero do seu celular por email.. pra eu te mandar uns sms de vez em qd

    bjs mari

    ResponderExcluir
  12. Tem mesmo um lado bom, afinal, facilitou nossa vida, mas tem esse lado ruim que nos afastou das pessoas e do convívio diário. Por isso eu procuro sempre marcar jantares com pessoas querias, encontros, conversas bobas, pq senão a gente esquece que a vida é longe daqui, que a vida é oq acontece lá fora. Por outro lado, converso com muitas pessoas queridas de muito longe, outros estados, outros países. Como eu as teria conhecido não fosse a internet??

    B-joca.

    ResponderExcluir