quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Empadinhas da vovó...


Estou decidindo que tipo de velhinha pretendo ser.Eu adoro velhinhos.Eles com suas manias e seus olhares cheios de vivência.A maioria com sua resistência a coisas novas.Outros com o olhar visionário e acreditando que ainda há muito tempo pra viver e aproveitam a vida de verdade.Adoro quando sabem mexer com computador e quando fazem buscas no Google.Adoro os calados e mais ainda os tagarelas que não tem vergonha de falar de suas histórias mesmo não nos conhecendo.E adoro os vaidosos,que estão sempre com um perfume cheiroso e um belo lenço ao pescoço.Pretendo ser uma velhinha assim : com lenço no pescoço e eternos colares de pérolas.Serei daquelas velhinhas que usam tricot Lacoste,cabelos arrumados e sem papas na língua.E cheirosa também.Quero ter o privilégio de ter filhos e nunca precisar dizer as pessoas que meus filhos são lindos e muito ocupados para me ver...Ouço isso o tempo inteiro dos velhinhos que conheço.E fico tão triste.Tive apenas uma vó.Na minha infância pude aproveitar pouco sua companhia,passava 2 vezes ao ano as férias escolares com ela já que morávamos em cidades diferentes.E tem uma imagem que nunca saí de minha cabeça : ela fazendo empadinhas.Eu sentava junto dela e ficava observando-a rechear as empadinhas.E minha vó colocava uma azeitona na empada e dava outra pra mim,pois sabia que eu adorava azeitonas.Era o nosso momento.Nossa cumplicidade.Quando minha vó morreu eu já estava crescida.E não fui ao enterro-NÃO VOU A ENTERROS- e 15 anos depois ainda acho que ela não se foi.Para amenizar a saudade,finjo que ela continua lá,fazendo suas empadinhas,e que eu,ocupada como sou,apenas não tenho tempo de visitá-la...Dói menos assim

6 comentários:

  1. eu ja decidi que não quero ser uma velhinha que acorda cedo... hahaha adoro dormirrrrr mtooo!!! =)

    preciso aprender a cozinhar tb neh.. pq comidinha de vovó é sempre a melhor!! rs

    ResponderExcluir
  2. Ai, Dri... num me faz chorar de novo que hj acordei meio mal !!! Snif, snif... minha avó me faz uma falta, era uma velhinha sacudida, andava de salto, adorava maquiagem e gostava de cabelo cacheado, o dela era lisinho , então enrolava o cabelo toda noite pra cachear... nem preciso dizer que meu amor pela cozinha começou com ela, minha inspiração !!! Ai, ai, ai...
    Adooooro empadinhas, meu salgado preferido !!!
    Adooooro azeitonas, como sem controle !!!
    Quero ser uma velhinha animadinha, fazer dança de salão, colocar biquini na praia, viajar pela Europa com um grupo de amigas... rsrsrsrs !!!
    Beijos querida !!!
    Lindas as suas palavras sempre !!!

    ResponderExcluir
  3. Considero-me uma pessoa de sorte. Tenho meus quatro avós e ainda tive o privilégio de conhecer os pais do meu avô paterno.
    Não é maravilhoso?
    Tenho excelentes lições de vida dos 4. Cada um com seu jeitinho e do alto de sua looooonga vivência me ensinou o que é viver.
    Tem até um textinho meu lá no Universo, Anciã, que tem a foto da mãozinha da minha avó materna.
    Mas, ainda não pensei sobre essa história de como eu ficarei quando ficar velhinha.
    Contudo, se é para pensar no assunto, eu acho que quero ser meio peruinha, chique, e daquelas que tem recursos suficientes para comprar roupas bem bacanas, frequentar restaurantes e mais restaurantes, organizar chás com minhas amigas, ir muuuuuuuito ao teatro, e contar muitas histórias das viagens que já tenha feito pelo mundo.
    Quero muito ter filhos. Mas, quero curtir meus netinhos como uma avó mesmo. E meus filhos... Que venham me visitar sempre. E fiquem enlouquecidos de preocupação com a velhota deles que sairá por aí, sem hora para voltar. Para desespero de todos!!! Hehehehehe!!!
    É assim que quero ser.
    Beijo Adri...

    ResponderExcluir
  4. Adri,que post lindo.Deu uma sauade louca da minha vó.Do carinho,do cheirinho ...Oh menina,tocou fundo no meu coração.UM BEIJO

    ResponderExcluir
  5. Nossa que fofo!! Amo minha avó!!!

    ResponderExcluir
  6. Que delícia de empada, que delícia de lembrança. um beijo grande,

    Hoje ouvi um médico dizer que nem Deus gosta de velhos acredita?

    ResponderExcluir