sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Safira,Sarah e Elen...


Como será que a gente descobre que uma pessoa irá fazer parte de nossa vida pra sempre ?Como será que a mágica se torna real? Como será que os sinos tocam ? Ninguém sabe em que momento grandes laços se estreitam.A gente até tem uma noçãozinha,mas na verdade não sabe precisar em que momento exato escolhemos alguém para ser amigo.Eu tenho muita sorte.A vida me colocou diante de algumas pessoas que amo demais.Essas pessoas me conhecem de verdade e ainda assim me querem ao lado.Tem uma teoria que diz que nunca iremos fazer amigos leais no trabalho.Eu sou prova de que isso não é verdadeiro.Mas também tenho a convicção de que só pude me entregar por inteiro para essas pessoas depois que deixei de ser chefe delas.Antes,tinha que conter minhas emoções e agir de forma reta e imparcial.Como é difícil isso!! Minha história com a Elen começou há 6 anos.Com a Sarifa há 3 e com a Sarah há pouco tempo.Esse período é o tempo em que deixei o cargo de chefe para assumir um bem mais espetacular :o de amiga.Hoje,apesar de todo sofrimento da nossa separação,sou feliz demais de não trabalhar mais com elas.E morro de saudades pois elas estão juntas e eu em outra unidade da empresa.Tenho uma história de cumplicidade,respeito e amizade por essas mulheres.Elas são minhas almas gêmeas.Sem elas não sou ninguém.E para elas,meu peito,minha casa,minhas verdades e mentiras ficam sempre abertos.Nossa vida se funde.Sabemos exatamente como somos,todos os defeitos e qualidades.Brigamos,sentimos ciúme,saudades,inveja.E aprendemos a falar de todos esses sentimentos em voz alta.Passamos por tanta coisa juntas.Passamos por grandes tristezas,mas graças á Deus,por imensas alegrias.Nascimento de filho,separação,morte de ente queridos, cartões de crédito divididos,dietas,compras de sapatos,TPMS,doenças,neuroses,briga de namorados e longos telefonemas...E nessa sucessão de acontecimentos,sempre tivemos certeza do nosso amor uma pela outra.E isso é que nos deixa cada dia mais juntas...Eu amo vcs.E sei que o maior presente que a Elen teve no ultimo dia 11/10( seu niver) foi ter nós 4 juntas,nessa foto...Beijo amigas...

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Rio Amado...Brasilzão amado...Amigos amados...


Desejava ir ao Louvre.E na estátua da Liberdade.Também na torre Eiffel.Queria percorrer vários museus pelo mundo,belos jardins,várias igrejas e grandes monumentos.Mas então vejo que não conheço a história de várias cidades,de centros culturais, das estátuas e nem dos parques desse meu Brasilzão...Por que será que fora do país temos esse surto intelectual?Por que corremos pros museus,tiramos foto daquele quadro com a mulher sorrindo,tiramos fotos das igrejas e até dos banheiros engraçados no meio da rua? Por que não valorizamos os nossos artistas,suas obras e a nossa bela arquitetura? Hoje estou num surto patriota.Talvez por que o meu Rio ganhou essa tal eleição para as olimpíadas.Quero conhecer o meu país,minha gente e seus feitos.Quero rodar por essa terra linda sempre.Ir a Minas comer pão de queijo na casa da minha amiga Claudinha.Conhecer seus encantos e o tempero de seu feijãozinho.Passar por Sampa e comer uma pizza maravilhosa com a Naty,a Dany e a Robertinha...E perguntar pra Mari minha neurologista predileta por que o cérebro das mulheres é tão louco!.Depois ir pra Santos ver os mimos da Erika.Ir ao Espírito Santo e brincar com as fofithas da Elisa,e aprender a andar de bicicleta,bem leve...Passear por Brasília e exigir ordem e progresso junto com a Gabi.Aqui no Brasil tem as pessoas que amo.Aqui é o meu quintal e nele faço a festa até o sol raiar...E daqui,do meu Rio lindo,abro os braços junto com o Cristo para se fechar assim,num abraço.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Um beijo e até...


Gentemm.Isso não é uma despedida.Apenas vou dar um tempo nas postagens DIÁRIAS do blog.Preciso arejar a cabeça e me dedicar a outras coisas.Eu sempre falo da qualidade do tempo e agora realmente preciso dar prioridade para outras áreas da minha vida.Escrever um blog diariamente da um trabalho imenso,é um fervilhar de idéias constantes,minha cabeça não para.E preciso parar.Relaxar um pouco.E no momento preciso me dedicar a uma só coisa e no fim do dia não ter outras coisas me preocupando.Quando der vontade de escrever vou vir aqui.Sem obrigações.Sem a angustia de que tenho que pensar em algo para postar.Continuarei a visitar todos os blogs que amo.Mas, uma das minhas escolhas atuais é diminuir meu tempo na internet.Um beijo e até...

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Poesia minha


E se eu não te amasse?
Seria o mundo apenas um pouso para a solidão.
O tempo apenas um relógio no pulso.
A cama apenas um objeto pro sono.
E se eu não te amasse?
Os jantares seriam meros alimentos para saciar a fome
Os jornais seguiriam tediosos em sua ordem
Os banhos rotina para limpar a poeira
E se eu não te amasse?
Seria a boca apenas instrumento para pronunciar palavras
Os pés apenas para caminhar sem direção
Os olhos apenas para não tropeçar.
E se eu não te amasse?
Seria o gosto sempre amargo
O coração sempre fechado
Um portão nunca escancarado.
Se eu não te amasse ?
Nada teria sentido
Tudo seria assim,tanto faz.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Cercada por meus mimos...


Hoje eu queria ficar pertinho das minhas coisas,dos meus livros,meus cremes,meus perfumes,meus livros e dvds.Queria ficar de bobeira pela casa.Não pensar em nada.Esquecer que sou adulta.Que tenho que trabalhar.Que tenho que pagar contas.Que tenho que resolver problemas.Quero comer um brigadeiro,sem ligar que vou engordar.Quero ficar de pijama,com o cabelo preso,sem maquiagem.Ler,ver tv,ficar na net,tudo ao mesmo tempo e ainda dar uma arrumada no armário.Vestir várias roupas,tentar novas combinações,descobrir uma peça barbara que comprei e que simplesmente tomou "doril" no meio do armário.Fazer caras e bocas na frente do espelho.Escutar uma música gostosa e dançar feito louca.Fingir que não cresci.Fingir que não tenho compromisso.Fofocar ao telefone e falar de homens bonitos a vontade.Falar da novela ( mesmo nunca vendo).E não ter medo do tempo.E não ter medo de não realizar ... Hoje queria voltar aos meus 15 anos onde a maior das preocupações era a roupa que iria usar na próxima festinha...Mas naquele tempo eu queria ser levada a sério e ter responsabilidades.Queria ser enxergada como adulta.Se eu soubesse como dá trabalho crescer.Como da trabalho ser uma “mulher adulta”.Eu tinha essa urgência de responsabilidades.Hoje não quero ser assim.Quero mais é ficar de bobeira,sem pressa,até por que descobri que não adianta querer antecipar nada...O tempo se encarrega das coisas.Direitinho...E as vezes achamos que não vamos aguentar.Mas a gente consegue...E como hoje ainda é quinta feira,e eu sou sim,uma mulher adulta,tenho que engolir o choro e ir trabalhar...rs