segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Eu cheirando a Jadore com Edward e Bella num dia de folga...


Me orgulho de se um mulher adulta.Dessas que não fazem cena,sabem se vestir e tem muita educação.Já deixei de sucumbir há alguns delírios adolescentes.Não coleciono mais figurinhas,nem canetinhas e nem tenho mais bichinhos de pelúcia.Cheguei num ponto que meus 34 anos não me permitem muitas manifestações de adolescente em público.Não recorto mais coisas em revista para colar no diário,embora continue escrevendo-o.Nem guardo mais o ingresso do cinema para eternizar um filme que foi muito especial.Não ligo mais para um garoto que estou interessada e depois desligo.Até por que, hoje,com os identificadores de chamada isso ficou impossível.Não uso mais míni saia.Nem uso mais perfume do Boticário.A idade me fez adquirir vícios mais caros.E também não torro mais no sol,pois quero chegar aos 50 com uma pele de pêssego colhido prematuramente.Agora sei que comer no Mac Donalds faz mau.Mas mesmo assim,continuo comendo.E descobri que abobrinha e berinjela são dois dos meus pratos prediletos.Antes desejava processar quem teve a idéia de inseri-los no cardápio.Só que,apesar de ter crescido,de ter virado uma mulher adulta e saber que corte de cabelo me cai bem,percebo que ainda sou levada por alguns surtos juvenis.Percebo que ainda posso reivindicar a minha carteirinha de membro ilustre da comunidade “não quero crescer”.Me dei conta disso quando me vi chorando hoje no cinema com o amor de Bella e Edward,vocês sabem,aquela mortal apaixonada por um vampiro na saga Crepúsculo.Hoje eu estava de folga.Então resolvi tirar um dia só pra mim.Bater perna,comprar roupas,parar numa livraria,tomar um café,ficar horas comprando Dvds e Cds,fazer as unhas,massagem no pé e ir ao cinema.Isso tudo sozinha...Então fui vergonhosamente,meio que escondida,suspirar pelo amor incondicional desses personagens.Nesse filme,fiquei de peito doendo com o amor sentido por aqueles dois.E deu saudades daquelas paixões adolescentes.Que acreditávamos ser definitivas.Saí do cinema,sendo novamente aquela menina cheirando a Lavanda Pop e querendo guardar o ingresso para colar na agenda...Então não me vi tão distante dela.E penso,que talvez nós mulheres, não devíamos tentar ser adultas o tempo todo...Temos que deixar espaço para a menina boba e crédula que há dentro de nós...É muito mais divertido...Daquele tempo,só quero mudar o perfume do Boticário.Hoje,meu Jadore,me deixa mais próxima da mulher poderosa que sempre desejei ser...rs

8 comentários:

  1. Linda você, querida !!! Linda e cheiroooosa !!!
    Sinto seu perfume daqui de onde estou, em BH.
    Adoooorei tudo o que vc escreveu. Também sou assim... mas ainda faço umas coisinhas "meio adolescentes" sim !!! Ainda suspiro com filmes de amor !!! E guardo lembrancinhas de uns momentos que quero eternizar. A falta de tempo as vezes não deixa a gente sonhar, as responsabilidades exigem mesmo que a gente tenham os dois pés no chão, mas "levitar" de vez em quando é bom...
    Ai, que vontade e que "precisão" estou de um dia desses, ir ao salão, ao cinema, fazer comprinhas, tomar um café, tudo "sozinha" !!!
    Amo meus dois rapazes, mas acho que todo mundo precisa de dar "uma respirada" !!!
    Vc é linda e querida !!!
    Adooooro vir aqui !!! também quero ir ao Rio te conhecer, bater papo, bater pernas, sentir calor e sentir esse seu perfume... rsrsrsrs !!!
    Beijooooocas, amiga querida do coração !!!
    Tão longe, tão perto...

    ResponderExcluir
  2. Hahaha, q ótimo!
    Hoje cheguei um pouco mais cedo da faculdade e deu p/ ver alguns blogs amigos. Q saudade!
    Ah Adri! Eu tenho um pouco de adolescente.. ou seria muito? Sabe q me sinto c/ 20 e poucos anos? Sério! Não consigo acreditar que na outra semana vou fazer... ops... 41
    e que tenho um filho de ops.... 20 !
    kkk porque me sinto muito menina! Uma menina Madura
    Esquisita, muito esquisita a sensação.
    Mas este filme, sem chance, não gosto do tema vampiresco.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Menina, eu não ia comentar. Mas olha, que delícia de post. Que amor de menina vc é.
    Linda, linda, linda.
    Apaixonante crescer, mais apaixonante ainda é ser adolescente. Quando queremos. Quando podemos.
    E pessoalmente, acho Jadore muito mais gostoso, rs.

    ResponderExcluir
  4. Prima,queria ter um dia desses em sua companhia.Nenhuma pessoa no mundo é melhor que vc para papear,comprar roupas,rir,debochar dos outros e de si mesmo.Adoro estar com vc.Adoro seu jeito desconcertantemente sincero e bem humorado.E é engraçado vc mais ainda de mau humor.Fica hilária.Precisamos de um shopping day.Sei que agora tá quase impossível pois vc esta presa na Provence.Adoro vc inspirada assim,mesmo com o mundo girando lá fora

    ResponderExcluir
  5. como vc escreve bem
    gostei
    vc tem boas inspirações


    bjo

    ResponderExcluir
  6. Nao tenho tido sorte mesmo pra escrever aqui... a última vez acabou-se minha conexão e só agora que o vizinho ligou a dele é que consigo me aproveitar um pouco...
    Você escreve tão bem que tenho vontade de te conhecer pessoalmente. Um dia ainda vamos marcar!
    Obrigada por estar sempre marcando presença no meu bloguito!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Como vc consegue transformar um dia simples numa poesia tão maravilhosa ?

    ResponderExcluir
  8. não conhecia a saga, mas quando vi o crepúsculo no dia 14/11 me apaixonei. me permito ter 17 anos quando vejo. chorar, sorrir, suspirar, ter vontade de comprar a Capricho e os posters do filme... ai, ai, ai! hoje assistirei lua nova. mas e aí? comprou o que de roupa, hein (a viciada)?

    ResponderExcluir