sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Ficando pra titia...


É tão fácil ter opinião sobre a vida dos outros.É tão fácil julgar e achar que a pessoa a conduz de maneira errada.A vida dos outros aos nossos olhos é tão simples.Temos a formula perfeita para cada passagem.E por que,quando se trata da nossa vida,tudo parece tão complexo?Olha,não tem coisa pior pra mim no mundo,do que alguém dizer como devo conduzir minhas coisas.Meus dramas e neuroses são só meus.Meu jeito de comer,de vestir,de arrumar a minha casa,de gastar o meu dinheiro,de me exercitar ou não,só é problema meu.De mais ninguém.E me irrita muito quando alguém vem com formulas mágicas para resolver os problemas dos outros.Tenho preguiça de gente assim.Tenho preguiça de me meter na vida das pessoas que conheço.Tenho cuidado de emitir opiniões,por que sei que aquelas sugestões são as coisas que EU faria.Somente Eu.E talvez até nem mesmo Eu .E fora que,quando alguém me pede opinião sobre algo,realmente escuta o que acho.Alguns dias com mais delicadeza.Outros,nem tanto.
Passei alguns dias vendo o quanto é difícil ser mãe.O quanto é difícil educar.Você ama aquele ser pequenino e tem que dizer “não” para ele o tempo todo.E deve ser um desespero saber que aquela pessoinha não nos ama na maior parte do dia,pois falamos “não” pra ela o tempo inteiro.Educar é cansativo e desafiador.Não da para descansar nunca.E sofri ao pensar nos filhos que ainda não tenho.Sofri por não saber se conseguirei dizer não.Sofri por que é tão difícil ter a responsabilidade de construir uma pessoa.Sofri por saber que eles terão momentos de desamor por mim.Então essa lição me deixa mais convicta do quanto não devemos julgar e nem dizer a ninguém como agir com um filho.Cada mãe carrega isso.E todas elas,sabem que dão conta.Eu estou pensativa.Ainda em dúvida se daria conta do recado.Enquanto não chega meu dia, o que posso fazer é ter paciência e disponibilidade com meus amigos que tem filhos.O que posso fazer é dizer que eles tem livre acesso sobre minha vida.Sobre minha casa.E que não tem problema se as crianças bagunçarem...Não tem problema mesmo...Enquanto isso,vou ficando pra titia...rs

5 comentários:

  1. Amei o seu texto. Amei. Sobretudo porque me identifico com ele por duas razões: 1. Eu DE-TES-TO me meter na vida dos outros, por isso mesmo eu não tolero que se metam na minha. Eu fico tão furiosa, mas tão furiosa, que é difícil me controlar e ignorar certas coisas.
    2. Tenho as mesmas dúvidas com respeito à maternidade... Mas, eu acho que Deus dá a sabedoria necessária a cada um, sabe. Na medida que deve ser. Realmente, é muito difícil dizer "não". Ainda mais quando se trata de quem amamos. É mais difícil ainda. E saber que um ser dependerá de você - não só para viver e sobreviver - mas para aprender a viver e a sobreviver... Não dá para pensar muito! Hehehehehe!!! Eu, de tanto pensar, também fiquei para titia. Agora já não penso mais. Na hora que tiver de ser, será. E quando for, eu acho que vou sorrir antes de pensar. E nós, hein, Adri??? Titias!!! E eu sou tia de 4 - caminhando para o 5º. E tia dos filhos dos amigos... Tia pra lá, tia pra cá... Uma festa!!!
    Beijos, linda! Belo texto! Arrasou, como sempre!!!

    ResponderExcluir
  2. Que titia mais linda e querida vc é ... e que mãe carinhosa e amorosa vai ser !!!
    Adri, criar um filho é a coisa mais difícil do mundo, educar é uma tarefa árdua,explicar porque pode e porque não pode, enfim, não existe fórmula certa.
    E as mães são julgadas o tempo todo, todo mundo acha que sabe educar o "filho dos outros ", é incrível !!!
    Mas por outro lado a experiência de ser mãe é tão enriquecedora e única.
    A gente não pode é dar ouvidos aos outros, a hora de chamar a atenção, a hora de dizer não, a hora de dar uma palmada (que sempre dói mais na mãe), enfim só a gente é que sabe...
    Vc em breve vai viver essa experiência e os conselhos das amigas serão úteis, mas seu coração é que vai te ensinar a agir.
    Vc viu o post que fiz sobre vc e Elisa ???
    http://fufuquices.blogspot.com/2010/01/elas-duas.html
    Passa lá pra ver...
    Beijooocas

    ResponderExcluir
  3. Ah, ficando p/ titia não. Eu penso que vc ainda não é mãe. E ponto. Xiiii, dei minha opinião.kkkkk
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Com certeza a parte mais difícil é achar que por um momento eles não vão te amar tanto assim. O resto é mais fácil.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  5. Que linda a minha amiga é.
    Linda.
    E vai ser uma mãe mais linda ainda.
    Tenho certeza disso.
    Minha querida, vc é tão especial. Realmente, educar não é nadá fácil. Tem lágrimas, choros, nãos. MAs tem sorrisos, gargalhadas até.
    E assim tentamos sempre, sempre transmitir leveza aos pequenos. Mas olha... úúúú, como é difícil.
    Beijos, smac!

    ResponderExcluir