quarta-feira, 23 de junho de 2010

Lubrificando as dobradiças...


Estar recém apaixonado é algo realmente inigualável.Tem o frio na barriga.Tem o pensamento longe.Tem o mundo cor de rosa todos os dias.A gente não para de tagarelar,não para de se perfumar,conta tudo e pergunta tudo,escova os dentes toda hora e jamais,digo jamais usa uma calcinha cor da pele de algodão.Estar apaixonado é viver numa passarela,desfilando,entre rendas e fendas.Então,depois de um tempo,isso acaba.Mas há dois fins para esse momento.O fim,fim mesmo,the end,sefini,bye,beijo não me liga.E tem o melhor dos fins.Um fim que se transforma.A transição para algo mais claro,mais sereno.Pois paixão é confusão pura.Deliciosa.Mas,como música tecno,bate,bate,bate na cabeça e há uma hora que não agüentamos mais.Por que dói o peito.Então é delicioso quando não precisamos mais desfilar,quando não precisamos explicar tanto as coisas,quando podemos ficar em silêncio.Não há nada mais delicioso que não se constranger com o silêncio ao lado de alguém.Sabe a sensação de que a tranqüilidade enfim te encontrou?Sabe a sensação de ter portas rangendo e finalmente lubrificar as dobradiças?Amar alguém por muito tempo é assim.Feito de silêncios.Feito de calcinhas de algodão.É saber que o bem estar daquela pessoa esta acima de qualquer outra coisa.Amar alguém por muito tempo é certeza de longas conversas.De cama sem máscaras.De cama poderosa.Pois nada é mais poderoso que conhecer bem como funciona o corpo de alguém.É poder ser idiota.Ser palhaço.Poder mostrar inseguranças em alguns aspectos.Fazer parte do mesmo time.Rir muito.Rir,rir,e rir.De tudo.De nada...Por que o tempo faz isso.Acalma,fortalece.E precisamos estar atentos,para não valorizar o barulho,a confusão...

10 comentários:

  1. Que lindo, amiga !!!
    Tá certíssima, concordo plenamente.
    Claro que existe a dificuldade da rotina, da mesmice, mas também existe a "sorte de um amor tranquilo", que não acelera mais o coração, porém faz com que ele bata sempre calminho, no mesmo compasso... e isso é bom !!!
    Ninguém aguenta viver o tempo todo na corda bamba, é sempre bom estar em terra firme.
    Viva os amores tranquilos !!!
    "É como a flor, de água e ar, luz e calor, o amor precisa para viver, de emoção e alegria e tem que regar todo dia "
    Isso também ajuda !!!
    Beijooooocas
    P.S. Aceito seu colinho sim, adooooro !!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Adriana,
    Amei o texto. Meu marido não é meu primeiro marido, e já estou com ele há 10 anos. Já entrei na fase de calcinhas de algodão, e é uma fase deliciosa.
    Bjkas e um ótimo dia para vc.

    ResponderExcluir
  3. Vc definiu muito bem a diferença entre paixão e amor. E acho q é possível colocar umas pitadinhas de paixonite no amor, é trabalhoso, mas é melhor ainda, pq fica a serenidade com momentos "interessantes". Eu tento fazer isso.
    bjsss

    ResponderExcluir
  4. Adri, sem palavras.... AMEI !!!!! bjs Alê

    ResponderExcluir
  5. Lindo Adri... amar é a coisa mais linda que existe!!!

    Beijo "Cor-de-Rosa"!

    ResponderExcluir
  6. Nossaaaa,ameiiiiii esse texto,to loucaaa p/ter esse segundo "fim" ai ai...
    bjosss

    ResponderExcluir
  7. Oi Adriana,
    Obrigada pela sugestão do nome. Vidinha é muito fofo. Vou levar para a votação do marido.

    Mal saí do seu blog e entrei em um blog de uma amiga e encontrei um texto sobre Romance, que me fez lembrar deste aqui:

    No quarto escuro, o marido desliza para baixo das cobertas e diz para a mulher:
    - Estou sem cueca...
    E ela responde:
    - Tudo bem, amanhã eu lavo uma.

    Ri muito... mas tenho medo de passar do ponto do cotidiano gostoso e cair na monotonia.

    Bjkas e uma boa noite.

    ResponderExcluir
  8. Que texto maravilhoso. Quero um dia chegar a esse nível de relacionamento.
    bjos, flor.

    ResponderExcluir
  9. Como sempre, exata!!! Concordo, concordo e concordo plenamente!
    Querida, muito obrigada pelas carinhosas palavras. Estou muito, mas muito feliz mesmo!!! E estava louca para compartilhar com vocês minha alegria imensa.
    Beijos enormes e muito carinhosos em você, viu, carioixquinha?

    ResponderExcluir