quinta-feira, 20 de maio de 2010

Pisando com cuidado...



De que maneira você deseja que o mundo lide com a sua dor?Sabe,apesar do grande tato que tenho em relação aos sentimentos dos outros,tenho uma grande dificuldade em me posicionar num momento de muita dor que alguém esteja vivendo.E isso as vezes pode ser confundido com falta de sensibilidade.Eu,que claramente sou durona,daquelas que aprendeu a engolir o choro e que viram a página com facilidade,acabo metendo os pés pelas mãos num momento assim.E como me arrependo depois!Sou de dar conselhos muito severos,pois a vida pra mim é muito simples e descomplicada,então fico meio impaciente quando as pessoas não conseguem lidar com seus problemas,quando não veem soluções que ao meu ver parecem tão obvias.Só que isso é muito cruel.E sei que tenho que ter cuidado com o coração dos outros.Sei que preciso conter a minha visão simplificada da vida.Preciso entender que tem gente que lida com as dores diferente,que quer colo,que quer falar,que precisa se expor pra melhorar.Esse é seu remédio.Eu não gosto de me expor,não gosto de falar e nessas horas não quero colo.Quero apenas virar a página.Mas agora,uma grande lição que aprendi,será ficar de boca calada.Apoiar,dar colo e apenas ouvir.Não vou mais impor minhas soluções simplistas.Viu?A gente aprende muito quando sabe que magoou uma pessoa muito especial...

7 comentários:

  1. Amiga, vc é tão doce e tão querida, que até "puxão de orelha" seu é carinho !!!
    A minha você pode puxar...
    De vez em quando a gente precisa !!!
    Beijooooooocas

    ResponderExcluir
  2. Dri, o ser humano é complexo e sofre horrores diante das agruras da vida. E sofrimento não dá pra se medir; cada um tem o seu e, seja ele pequeno ou grande, sempre machuca.Em sua complexidade e diversidade, as pessoas reagem de maneiras diferentes à dor; cada uma utiliza um mecanismo de proteção para lidar com ela: umas se fecham, se recolhem, outras choram, outras falam sem parar, outras gritam. Como psicóloga, aprendi que a dor do outro deve ser respeitada e nunca subestimada, ainda que aos nossos olhos pareça algo simples e de fácil resolução(e o problema alheio sempre é fácil de se resolver, já percebeu isso? Já quando é o nosso... a coisa muda de figura).
    Mas percebo que em uma coisa as pessoas são parecidas: estão cada vez mais carentes nesse mundo individualista.Carentes de atenção, de compreensão, de serem escutadas na sua dor.
    Sensibilidade é artigo de luxo nos atuais dias corridos e penso que é palavra-chave para lidar com a dor, seja a do outro ou a nossa própria dor. Não é preciso muito: basta mostrar-se disponível, disposta a escutar, a dar um abraço, a acolher. O outro nem sempre quer conselhos, mas sempre quer atenção.
    Não se culpe,amiga, afinal viver é um aprendizado constante e as relações humanas - por serem humanas - são complicadas e cheias de falhas mesmo.
    Bj pra vc!

    ResponderExcluir
  3. Ai, amiga!
    A gente tem de ter cuidade com os sentimentos dos outros e com o nosso. Nada é fácil e às vezes a gente incorre nesses impasses, sem querer magoar o outro.
    Se magoou alguém, tente mostrar que não foi sua intenção, mesmo que não agora, se não for o momento.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Vc é uma amiga tão grande. Tão linda. Tão irmã. Eu te adoro amiga.
    Eu sou assim, de querer colo, de chorar, de me enclausurar com meus problemas. De chorar muito. E chorar mais ainda. De perder cinco kilos em duas semanas. De achar que a vida acabou. Enfim, quando estou com problemas, não consigo nem pensar na possibilidade de virar a página. Acho que seria o fim virar a página. Preciso digerir cada milímetro do problema.
    E que bom ter uma amiga como vc.
    Sempre presente.
    Um beijo, flor. Smac !!!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, você me descreveu aí... rsrsrs
    É um exercício ser mais contida. Estou me esforçando para melhorar.
    bjokas

    ResponderExcluir
  6. Oi!!! Passo para dizer que não desapareci, não!
    Estou sempre de "butuca" em vocês, amigas queridas!!!
    Beijoooooo!!!

    ResponderExcluir
  7. dri,
    tenho tanta coisa pra te falar!!!

    primeiro, desculpe a demora pra te responder, mar eu tava em off mm.

    dps, eu vou pro rio dia 3. será q tem como eu te conhecer: vou em um casamento sabado a noite e so.

    terceiro, comprei aquele shampoo da l'occitane q vc tinha me dita a mt tempo. de angelica, certo:

    aMEI!!!!

    morrendo de saudades d vc

    bjs

    ResponderExcluir